Tintas intumescentes são materiais com a aparência de uma pintura convencional que, quando aquecidos acima de 200ºC, passam por um processo de expansão volumétrica formando uma espuma isolante e evitando que o perfil metálico atinja temperaturas críticas onde sua estabilidade estrutural possa ser comprometida.


As tintas intumescentes aplicadas pela PCF Soluções são a Unitherm, fabricada na Alemanha pela Sika, e o Sprayfilm, produzido nos EUA pela Isolatek International.

Em estruturas aparentes onde é requerido um acabamento com elevado requinte estético, como perfis perimetrais expostos de fachadas , colunas aparentes, etc.

Os custos podem variar muito, pois as espessuras de proteção de tintas intumescentes sofrem grande variação de acordo com o TRRF e o fator de massividade das estruturas para cada projeto específico, implicando em um consumo de intumescente que pode variar de 0,5 kg/m² a 12 kg/m². Os preços do sistema aplicado acompanham esta variação e podem representar desde 20% do preço da estrutura metálica até mais que seu valor.

Onde são recomendadas ?

Quanto custa ?

Solicite um orçamento específico para o seu projeto ou obra, mesmo que ele esteja ainda em fase de análise de viabilidade. Nosso objetivo é trabalhar em conjunto com toda a cadeia de fornecedores da construção metálica para viabilizar e alavancar a construção industrializada no Brasil.

Qual a durabilidade das tintas intumescentes ?

A grande maioria dos fabricantes afirma que as tintas intumescentes, com o passar dos anos, melhoram o seu desempenho em situação de incêndio, recomendando apenas a substituição da tinta de acabamento em intervalos periódicos, similares aos de sistemas de pintura convencionais.


Todavia existem alguns fabricantes que estão trabalhando para desenvolver metodologias capazes de avaliar mais profundamente a durabilidade da tinta intumescente aplicada em estruturas externas, pois acreditam que existe o risco de que a incidência de raios ultra-violeta, poluição atmosférica, elevadas umidades relativas do ar e outras particularidades de cada local do planeta possam influenciar de forma distinta o desempenho do produto.

Qual o tratamento superficial necessário ?

A preparação superficial da estrutura metálica deve ser preferencialmente jato abrasivo padrão SA 2½

(ISO 8501-1:1988) ou SSPC-SP6.  Lixamento mecânico padrão St3 (conforme SIS-055900/1967)

poderá ser aceito, desde que autorizado pelo fabricante do primer e da tinta intumescente.  


Aplicação de primer epóxi na espessura de 50 a 75 µm.  Sua aplicação deve seguir as instruções do

fabricante de cada primer.  São indicados os seguintes primers como referências para efeito de

orçamento: Intergard 251 (International) ou Calacoat 288 (Tintas Calamar).  O primer adotado

obrigatoriamente deve ser aprovado pelo fabricante da tinta intumescente.


A preparação superficial e a aplicação do primer devem ser preferencialmente executadas pelo

fabricante das estruturas metálicas.

Em que etapa do cronograma de obras as tintas intumescentes devem ser aplicadas ?

A aplicação deve ser ajustada ao cronograma para que seja concluída próximo ao prazo de entrega da obra, evitando assim eventuais danos mecânicos de outras empreiteiras ao sistema. Solicite as especificaçoes técnicas para maiores detalhes.

Como é o controle de qualidade na aplicação ?

A qualidade e o critério na aplicação são fatores fundamental para a durabilidade e eficiência das tintas intumescentes. Excesso de umidade relativa do ar, intervalos de tempo inadequados entre demãos e espessuras muito elevadas por demão podem comprometer o sistema e ocasionar o aparecimento de bolhas e rugosidades.


Os serviços devem ser inspecionados conforme os procedimentos da ABNT PE-043 - Certificação do serviço de aplicação de proteção passiva contra fogo em estruturas de aço.


Os artigos a seguir explicam em maiores detalhes a importância da inspeção neste tipo de aplicação e a abragência da ABNT PE-043:


  1. A busca da qualidade em proteção passiva contra fogo de estruturas metálicas

  2. Certificação do serviço de aplicação de proteção passiva contra fogo em estruturas de aço

Estes produtos são reconhecidos e aprovados pelo Corpo de Bombeiros  e por companhias seguradoras?

As tintas intumescentes aplicadas pela PCF Soluções são homologadas e aceitas pelo Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, atendendo as exigências do Decreto-Lei Estadual 46076 e da Instrução Técnica 08 – Segurança Estrutural nas Edificações.

Em todo o Brasil são aprovadas pelos órgãos municipais, estaduais e companhias seguradoras, por atenderem integralmente os requisitos das normas NBR 14323 – Dimensionamento de Estruturas de Aço de Edifícios em Situações de Incêndio e NBR 14432 – Exigências de Resistência ao Fogo dos Elementos Construtivos das Edificações.  Possuem ainda diversos ensaios reconhecidos internacionalmente, tanto na Europa como nos  Estados Unidos.

Edifícios protegidos com estes produtos

Os produtos da Isolatek e da Sika já foram aplicados em milhares de edifícios em todo o mundo.  Veja alguns exemplos em Referências.

Saúde e meio-ambiente

As tintas intumescentes que aplicamos respeitam integralmente as regulamentações da EPA - Environmental Protection Agency (EUA) e legislações brasileiras. Clique no produto abaixo para fazer o download da Ficha de Segurança dos Produtos (MSDS):


Cafco Sprayfilm

O sistema de pintura intumescente é composto pelas seguintes etapas:


  1. Tratamento superficial (jato de areia padrão SA 2½ ou lixamento mecânico padrão St3) e aplicação de primer epóxi de alto desempenho na espessura de 50~75 µm (recomenda-se que esta etapa seja executada pelo fabricante das estruturas metálicas, por ser mais econômico).


  1. Aplicação da tinta intumescente cujas espessuras podem variar de 250 µm à 6000 µm, conforme o tipo de estrutura e o TRRF (tempo de resistência requerido ao fogo) recomendado.


• Aplicação de uma tinta de acabamento que irá proteger o intumescente da atmosfera e permitir que o sistema possua a cor desejada pela arquitetura.

A PCF Soluções aplica as mais modernas tintas intumescentes disponíveis no mercado, fabricadas tanto nos EUA quanto na Europa.


A flexibilidade de fornecedores neste caso é importante porque as tintas intumescentes possuem grande variação de desempenho, de acordo com o TRRF e o fator de massividade de cada estrutura.  Por exemplo, uma determinada tinta intumescente que possui desempenho superior para 30 minutos de proteção, pode requerer espessuras muito maiores (o que representa preço maior) do que outras tintas intumescentes, caso o TRRF fosse de 120 minutos . Trabalhando com diversas tintas, a PCF Soluções pode sempre apresentar o melhor custo/benefício para seus clientes.

   Website produzido por PCF Soluções © 2009 • Todos os direitos reservados

PROTEÇÃO CONTRA FOGO DE ESTRUTURAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Tintas Intumescentes

O gráfico abaixo mostra os níveis comparativos de preços entre tintas intumescentes e outros produtos para um TRRF de 120 minutos: